quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Calendário do Advento




O calendário tradicional consiste em dois pedaços de cartolina sobrepostos. Vinte e quatro janelas são cortadas na camada superior com um número entre 1 e 24 em cada uma delas. Começando no primeiro dia de dezembro, uma janela é aberta a cada dia, fazendo a contagem regressiva até a noite de Natal. De 24 até 1. Cada compartimento mostra uma imagem que pode ser tanto sobre o Natal ou o nascimento de Cristo quanto cenas relacionadas à festa de Natal, como bolas, pinheiros e estrelas.
Os calendários do Adento também podem ser feitos com um tecido com pequenos bolsos que são preenchidos com doces ou outras miudezas. Muitos calendários foram adaptados por comerciantes e artesãos para acomodar um pequeno chocolate ou outro confeito em cada divisão. Estes são freqüentemente direcionados às crianças, que esperam ansiosamente pelo Natal e pela chegada do Papai Noel e têm sido criticados por não ter relação com o nascimento de Cristo e simplesmente faturar com as vendas de Natal.
O número de janelas também pode ser de 25, para cobrir o dia de Natal ou 31 e 32 para incluir a véspera de Ano Novo e o Dia de Ano Novo.
O calendário do Advento normalmente tem tamanhos padronizados mas pode ser encontrado em outros formatos como casa sem miniature. Outras formas são os calendários de feltro ou uma cadeia de velas que serão acesas a cada dia. A cidade alemã de Dresden tem um calendário gigante em um castelo no seu Mercado de Natal, o Striezelmarkt.
Atualmente também existem calendários do Advento eletrônicos para computadores.

Alguns modelos de Calendário do Advento




Todos os Modelos Retirados da WEB.

Guirlandas





Presépios








Imprimir colorido, montar em cartolina.
Retirados da WEB.

sábado, 26 de novembro de 2011


Gostou da imagem e quer salvar siga os passos abaixo:
Para salvar imagens clicar no lado direito do mouse e SALVAR IMAGEM COMO, quando uma pasta abrir clique em SALVAR, assim vc poderá ter essa linda imagem e muitas outras. 

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Preparando-se Para o Natal

ÁRVORE DE NATAL: na tradição cristã, simboliza vida, paz, esperança e alegria


PRESÉPIO DE NATAL: simboliza o momento e o ambiente em que Jesus Cristo nasceu


PAPAI NOEL: representa o bom velhinho que dá presentes para as crianças no dia de Natal


ESTRELA DE NATAL: guiou os três reis magos até o local de nascimento do menino Jesus


SINOS DE NATAL: representa o anúncio para a humanidade do nascimento de Jesus Cristo, o Salvador.


GUIRLANDA: usada como enfeite nas portas de entrada das residências na época do Natal.





Árvore de Natal

Em vários países do mundo, as pessoas montam árvores de Natal para enfeitar casas e outros ambientes. Junto com as decorações natalinas, as árvores garantem um clima especial nesta importante época do ano.

De acordo com pesquisadores das tradições cristãs, a montagem de árvore de Natal teve início no ano de 1530, na Alemanha, com Martinho Lutero. Numa determinada noite, enquanto andava pela floresta, Lutero ficou impressionado com os lindos pinheiros cobertos de neve. As estrelas do céu ajudaram a formar a imagem que Lutero reproduziu com galhos de árvore em sua residência. Além das estrelas, algodão e outros ornamentos, Lutero usou velas acesas para mostrar aos seus familiares a linda cena que havia visto na floresta.

Esta tradição chegou ao continente americano através de alguns alemães, que vieram residir na América durante o período colonial.

No Brasil, país em que o cristianismo prevalece, as árvores de Natal estão presentes em diversos lugares na época natalina, pois, além de decorar, simbolizam paz, alegria e esperança. As árvores de Natal também simbolizam a vida, pois em dezembro no hemisfério norte, ocorre o inverno e as árvores perdem as folhas. Uma árvore frondosa e cheia de enfeites simboliza a vida.

Dia de montar a árvore de Natal

- De acordo com a tradição católica, a árvore de Natal deve ser montada a partir do dia 30 de novembro, que é o começo do período do advento. Sua montagem deve ser aos poucos, intensificando-se a partir de 17 de dezembro (momento em que a Bíblia começa a falar do nascimento de Jesus). Em 6 de janeiro (Dia de Reis), de acordo com esta tradição, é o dia de desmontar a árvore de Natal.

Fonte: Blog Mundinho da Criança






Ideias Super!!!

Feito com E.V.A.

Feito com feltro

Ideia de embalagem

Guirlanda de PET, blog a arte de ensinar e aprender

Guirlanda de tecido da Manga Rosa

Lembrança de Natal, retirado do ArtPaz

  Ideias retiradas da WEB, algumas imagens tem a indicação dos Blog ou links.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

DIA de AÇÃO de GRAÇAS



Todos sabemos que o Dia de Ação de Graças (Thanksgiving) é comemorado nos Estados Unidos na quarta quinta-feira do mês de novembro e sua celebração talvez seja mais significativa que o Natal. Segundo a tradição, o primeiro Dia de Ação de Graças americano aconteceu em 1621, entre os colonos ingleses (peregrinos) que tinham fundado a colônia Plymouth, estado de Massachusetts. A festa foi feita junto aos integrantes da tribo Wampanoag, convidados dos colonos. Num gesto de delicadeza, os índios levaram comida aos ingleses. Mas não há evidências de que os participantes da comemoração tivessem pensado naquilo como uma festa de agradecimentos. Só em 1789, por idéia do então presidente George Washington, a data se tornou feriado.

No Canadá também se comemora o Dia de Ação de Graças, porém na segunda segunda-feira de outubro (a colheita acontece mais cedo por causa da diferença de temperatura).

Atualmente, o dia de Ação de Graças é uma comemoração da vida doméstica, centrado na casa e na família. De acordo com o significado, celebrar uma ótima colheita, preparar e comer uma grande refeição é a parte central da maioria das celebrações de Ações de Graça. Os pratos incluem peru recheado, molho de cranberry, squash, purê de batatas, batata-doce e torta de abóbora. Pratos simples, que preservam a memória do modo de vida rústico e virtuoso dos colonos.

O que a maioria de nós desconhece, é que no Brasil também existe esse dia! Instituído em 1949! Lei nº 781, de 17 de agosto de 1949! Dessa época até hoje, o Ministério da Justiça é o responsável por sua realização na capital do país. No Brasil, durante o governo do presidente Eurico Gaspar Dutra, o Congresso Nacional aprovou uma lei que consagrava a última quinta-feira do mês de novembro como o Dia Nacional de Ação de Graças. Porém, em 1966, o Marechal Humberto Castelo Branco mudou a data para a quarta quinta-feira do mês de novembro, para coincidir com a celebração no resto do mundo.

Nunca tinha ouvido falar nisso, desconhecia completamente! Quem me chamou a atenção para o fato foi a nossa amiga Loulair, que afirmou com toda a certeza de que esse dia existia no Brasil, o que me levou a fazer a pesquisa.

No Rio de Janeiro, em dezembro/2000, a Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro instituiu o Dia Estadual de Ação de Graças no Calendário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, a ser comemorado na quinta-feira da quarta semana do mês de novembro. Na cidade de Cabo, em PE, foi declarado feriado municipal em 2005.

Creio que essa lei foi uma daquelas que, como já aconteceu com outras... não pegou! Talvez porque o Dia de Ação de Graças brasileiro não foi declarado feriado nacional!

Blog Da Yolanda Maria

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Hino da Proclamação da República




Seja um pálio de luz desdobrado.
Sob a larga amplidão destes céus
Este canto rebel que o passado
Vem remir dos mais torpes labéus!
Seja um hino de glória que fale
De esperança, de um novo porvir!
Com visões de triunfos embale
Quem por ele lutando surgir!

Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!

Nós nem cremos que escravos outrora
Tenha havido em tão nobre País...
Hoje o rubro lampejo da aurora
Acha irmãos, não tiranos hostis.
Somos todos iguais! Ao futuro
Saberemos, unidos, levar
Nosso augusto estandarte que, puro,
Brilha, ovante, da Pátria no altar!

Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!

Se é mister que de peitos valentes
Haja sangue em nosso pendão,
Sangue vivo do herói Tiradentes
Batizou este audaz pavilhão!
Mensageiros de paz, paz queremos,
É de amor nossa força e poder
Mas da guerra nos transes supremos
Heis de ver-nos lutar e vencer!

Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!

Do Ipiranga é preciso que o brado
Seja um grito soberbo de fé!
O Brasil já surgiu libertado,
Sobre as púrpuras régias de pé.
Eia, pois, brasileiros avante!
Verdes louros colhamos louçãos!
Seja o nosso País triunfante,
Livre terra de livres irmãos!

Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!



segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Imagens fofas!!!!!!!!!!!!!!




Encontrei essas fofuras na Net para salvar dê um clic duplo e salvar imagem como... Use onde desejar, muito lindinhos esses anjinhos !!!!!

GANHEI!!!!!!

Ganhei esta linda árvore porta bombom do Programa Vida Melhor, da Rede Vida, das queridíssimas Claudia Tenório e Ana Maria Ronchel. E agora faço questão de repassar à todos que gostarem pois é uma técnica muito fácil além de muito decorativa.Pode ser feito com feltro, e.v.a, tecido, lantejoulas, etc... 


domingo, 6 de novembro de 2011

Surpresa!!!


Amigos, aguardem pois estou separando uma variedade de ideias para o Natal.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Dia de Todos os Santos

01 de NovembroNo dia 1 de Novembro comemora-se o dia de "Todos os Santos". Neste dia as pessoas vão ao cemitério arranjar as sepulturas dos seus entes queridos que já faleceram, com flores, que por tradição nesta altura do ano são crisântemos.
É também neste dia que logo pela manhã se juntam grupos de crianças que vão batendo de porta em porta pedindo às pessoas que lhes dêem os "santinhos" pela alma das pessoas que já morreram.
As crianças levam nas mãos uma bolsa de pano e quando fazem o pedido às pessoas, elas dão o que querem ou podem, como por exemplo: dinheiro, maçãs, castanhas, rebuçados, nozes, bolos, chocolates etc.
Antigamente todas as pessoas iam pedir os "santinhos" porque havia muita miséria e estas pediam por necessidade. Normalmente as pessoas punham as mesas com o que tinham em casa (comida e bebida) e quando chegavam os pedintes (pobres), eles entravam e comiam à vontade e à saída ainda lhes davam alguma coisa. Fonte: http://www.cidadaopg.sp.gov.br/

Blog http://1001feltros.blogspot.com/