segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Uau!!!Um novo ano - Feliz 2013.

Vim correndo para não perder nadinha dessa festa! Desejo que todos amigos seguidores recebam em dobro tudo o que desejarem!




FELIZ 2013!!!

Prepare-se para um novo ano!!!







•Roupa Branca - Um ano novo repleto de Paz.


•Roupa Amarela - Dinheiro e Riqueza sempre estarão presentes.

•Roupa Rosa - Felicidade no Amor.

•Roupa Vermelha - Um ano de muita Paixão.

•Roupa Azul - Paz de Espírito.

•Roupa Verde - Esperança e Equilíbrio.

•Roupa Laranja - Sucesso Monetário.

•Roupa Violeta - Inspiração e Estabilidade   Saiba mais em: http://www.esoterikha.com/presentes/qual-o-significado-e-qual-a-cor-de-roupa-que-devo-usar-no-reveillon.php
    As melhores Simpatias para o Ano Novo e Reveillon 2013

Simpatia para ganhar dinheiro - Taça da Prosperidade

Aprenda a fazer a famosa e tradicional simpatia da Taça da Prosperidade, para atrair muito dinheiro para esse ano novo que está chegando.

Simpatia de dia de Reis - 6 de Janeiro - Crescimento profissional e prosperidade

Dia 6 de janeiro é dia de Reis, ou dia dos 3 reis Magos, que por tradição, trouxeram presentes para o maior de todos os reis. Conheça a simpatia de dia de reis para ser feita no dia 6 e atrair muita prosperidade e ajudar em seu crescimento profissional e...

As melhores simpatias para a Virada do Ano - Ritual de Despedida

Essa é uma simpatia especial para a virada de ano, um ritual de despedida para deixar para traz tudo o que passou e projetar um ano novo cheio de esperança, felicidade e prosperidade.

Saiba mais em: http://www.esoterikha.com/presentes/qual-o-significado-e-qual-a-cor-de-roupa-que-devo-usar-no-reveillon.php



Veja a lista de alimentos que trazem fortuna e sorte!!!


ARROZ

No Oriente, o arroz é o principal alimento e símbolo da fertilidade e da prosperidade. Na mitologia japonesa, Inari é o deus do arroz e da agricultura. Daikoku, o deus da riqueza, é muitas vezes representado por um saco de arroz. Conta a tradição árabe que o arroz é um alimento sagrado porque nasceu de uma gota de suor de Maomé, que caiu no paraíso e multiplicou-se pela Terra a fim de saciar a fome dos homens.

LOURO

Segundo a lenda, o louro realiza desejos. Sua árvore é considerada uma planta nobre desde a antiguidade. Suas folhas coroavam os vencedores das competições em Delfos. Em Roma, era a planta dedicada a Mates, símbolo da paz e mensageiro das vitórias.

AMÊNDOAS

A amendoeira era uma planta de Vênus e carregava todas as suas qualidades e poder. A seu óleo são atribuídos a purificação e o restabelecimento da saúde e da estabilidade mental.

PINHAS

Considerada a árvore sagrada das florestas siberianas. As pinhas são usadas em vários rituais para atrair a prosperidade.

CASTANHA EUROPEIA

Pertence a Júpter e seu fruto tem o poder energético que emana desse planeta. Ajuda na fertilidade e propicia as pessoas a "gastarem dinheiro" - por isso, vários talismãs feitos com o fruto eram colocados em lojas para fazerem os clientes consumirem mais.

NÓZES

Os europeus consideravam a nogueira uma planta mágica, além de ser um símbolo da fertilidade e da abundância.

AZEITONAS

Os antigos dedicavam a oliveira à deusa Minerva. Um ramo de oliveira era considerado como símbolo da paz e seu azeite é um poderoso condensador, purificador e intensificador de energias, por isso é usado em muitos rituais de purificação e para ministrar sacramentos da igreja católica.

MAÇÃ

Significa a vida, o deseja e a tentação. Sua energia é usada para atrair amor e vida.

ROMÃ

É conhecida e cultivada desde antes de Cristo. Símbolo da união, da fecundidade, da paz e da prosperidade, seu fruto é encontrado nas mãos de vários deuses para simbolizar fertilidade e união.

Mais em http://atrevida.uol.com.br/arrasa/tudo-de-bom/veja-os-alimentos-que-trazem-fortuna-e-sorte/3368







terça-feira, 25 de dezembro de 2012

sábado, 22 de dezembro de 2012

Receitas Natalinas

 

Arroz Cremoso de Forno

Ingredientes


4 xícaras (chá) de arroz cozido
1 lata de creme de leite
½ xícara (chá) de leite
½ xícara (chá) de requeijão cremoso
200g de bacon picado
200g de mussarela ralada
1 lata de milho verde
200g de presunto picado
200g de mussarela ralada
1 lata de milho verde
Sal e pimenta do reino a gosto
100g de queijo ralado
3 colheres (sopa) de farinha de rosca
Modo de preparo
Em uma frigideira coloque o bacon picado, frite e reserve. Em uma vasilha, coloque o arroz, e misture com o creme de leite, o leite, e o requeijão cremoso. Em seguida, misture com o milho verde, o presunto, as azeitonas verdes e acerte o sal e a pimenta do reino a gosto. Transfira tudo para um refratário, salpique o bacon a mussarela e a farinha de rosca junto com o queijo ralado, leve ao forno para gratinar por 20 minutos.
 
Daniel Bork

Salmão Teriyake
 
 
 
 
Ingredientes

2kg de lombo de salmão em postas
2 talos de cebolinhas verde fatiada
3 colheres (sopa) de manteiga
Molho Teriake:
1 xícara (chá) de shoyu
3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
½ xícara (chá) de sakê mirim
1 colher (café) de gengibre ralado
1 pimenta dedo de moça picadinha e sem sementes
1 envelope tempero para peixe
Acompanhamento:
3 colheres (sopa) de manteiga
½ xícara (chá) de echalotes brancas
2 xícaras (chá) de floretes de brócolis
1 xícara (chá) de cenouras em juliene
4 gotas de óleo de gergelim
Sal a gosto
Modo de preparo

Para o molho:
Coloque todos os ingredientes em uma panela, cozinhe até reduzir e ficar espesso, isto deve levar uns 15 minutos.
Tempere os lombos, doure na manteiga dos dois lados, derrame o molho reservado em cima e salpique a cebolinha verde.
 Para o Acompanhamento:
Salteie os legume na manteiga até ficarem macios, coloque sal, o óleo de gergelim, misture e sirva.

 Daniel Bork

CREPE COM CALDA DE MARACUJÁ


Ingredientes:

Crepe:
· 2 xícaras (chá) de leite
· 1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
· 3 ovos
· 1 colher (sopa) de manteiga derretida
· 1 pitada de sal
· 1/2 colher (chá) de fermento em pó


Recheio:
· 300 g de cream cheese
· 4 colheres (sopa) de açúcar


Calda:
· 2/3 de xícara (chá) de açúcar
· 1 1/3 de xícara (chá) de água
· 1/4 de xícara (chá) de manteiga
· 1/2 de xícara (chá) de suco de maracujá
· 1/4 de xícara (chá) de licor de laranja


Acessório:
· Frigideira antiaderente com 20 cm de fundo

Modo de preparo:

Crepe: Bata os ingredientes no liquidificador e deixe na geladeira por uma hora. Unte a frigideira com manteiga e leve ao fogo. Quando estiver quente, espalhe 1/4 de xícara de massa e gire a frigideira para espalhar. Doure dos dois lados. Repita até terminarem os crepes e reserve.

Recheio:
Misture bem o cream cheese com o açúcar e reserve.


Calda: Coloque o açúcar e a água numa panela. Leve ao fogo e cozinhe até caramelizar. Junte a manteiga e misture bem, acrescentando o suco de maracujá aos poucos e sem parar de mexer. Deixe cozinhar até engrossar. Retire do fogo e acrescente o licor. Espere esfriar e reserve a calda. Recheie as massas de crepes com a mistura de cream cheese e açúcar reservada. Distribua a calda de maracujá já fria sobre os crepes recheados e sirva em seguida.

Dica:
Se preferir, adicione pedaços de maracujá doce ao recheio.



Rocambole de maionese

rocambole de maionese

Ingredientes

.1 kg de batatas cozidas e amassadas
.2 colheres (sopa) de manteiga
.sal a gosto

Recheio:
.150g de presunto picado
.150g de queijo prato picado
.10 azeitonas pretas picados
.1 cenoura ralada
.1 xícara (chá) e maionese

Cobertura:
.1/2 xícara (chá) de maionese
.1/4 de xícara (chá) de queijo parmesão ralado

Modo de preparo

Amasse as batatas com a manteiga e sal. Abra a massa sobre um pano úmido.
Recheio: misture o presunto, o queijo, a azeitona, a cenoura e a maionese. Espelhe o recheio sobre a massa de batata e enrole como um rocambole. Deixe na geladeira por 30 minutos. Desenrole cuidadosamente, cubra com a maionese e polvilhe o queijo ralado.
Dica:essa receita é fácil e impressiona seus convidados!
Torta de bombom
 
 
 
 
   

Ingredientes


Massa:
· 1/2 pacote de biscoito maisena
· 200g de amendoim sem pele tostado
· 50g de manteiga
· 3 colheres (sopa) de leite condensado
· 3 colheres (sopa) de leite

Recheio: · 3 xícaras (chá) de leite
· 1 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro
· 4 colheres (sopa) de amido de milho
· 3 gemas
· 20 bombons

Calda:
· 3/4 de xícara (chá) de leite
· 1 colher (sopa) de achocolatado
· 3 xícaras (chá) de açúcar
· 1/2 colher (sopa) de manteiga

Modo de preparo:


Massa:
No liquidificador triture o biscoito e o amendoim. Transfira para uma tigela, misture a manteiga o leite condensado e o leite. Forre o fundo e as laterais de uma fôrma de 24cm de diâmetro. Asse no forno preaquecido a 200ºC durante 5 minutos. Deixe esfriar.

Recheio: Em uma panela, misture o leite, o açúcar de confeiteiro, o amido de milho e as gemas. Leve ao fogo brando, mexendo sem parar até engrossar Deixe amornar. Sobre a massa, distribua os bombons e por cima coloque o creme. Cubra com filme plástico e leve a geladeira.

Calda: Em uma panela, misture o leite, o achocolatado, o açúcar e a manteiga. Leve ao fogo e deixe ferver até engrossar. Deixe esfriar. Na hora de servir, despeje a calda sobre a torta e decore com bombons picados. Sirva em seguida.
 


Receitas do Progerama DIA A DIAS da Band, e   do  site M  de MULHER.

3 dias para o NATAL!



Prepare-se para essa data com pureza no coração, não basta pensar nos bens materiais, nos presentes mas devemos cuidar da nossa parte espiritual. Lembrarmos que somente estasmos vivendo este momento de PAZ graças à "Jesus Cristo", que nasceu, viveu, partilhou seus ensinamentos, sua sabedoria e morreu por nós.  
 
À todos que passeiam pelo meu blog.

domingo, 9 de dezembro de 2012

NATAL CHEGANDO!!!!!!!


Muitas ideias fofas retiradas da WEB, aproveitem.Algumas tem indicação de Blog na própria imagem.


















terça-feira, 13 de novembro de 2012

Proclamação da República




A Proclamação da República Brasileira foi um levante político-militar ocorrido em 15 de novembro de 1889 que instaurou a forma republicana federativa presidencialista de governo no Brasil, derrubando a monarquia constitucional parlamentarista do Império do Brasil e, por conseguinte, pondo fim à soberania do imperador dom Pedro II. Foi, então, proclamada a República dos Estados Unidos do Brasil.


A proclamação ocorreu na Praça da Aclamação (atual Praça da República), na cidade do Rio de Janeiro, então capital do Império do Brasil, quando um grupo de militares do exército brasileiro, liderados pelo marechal Deodoro da Fonseca, destituiu o imperador e assumiu o poder no país.

Foi instituído, naquele mesmo dia 15, um governo provisório republicano. Faziam parte, desse governo, organizado na noite de 15 de novembro de 1889, o marechal Deodoro da Fonseca como presidente da república e chefe do Governo Provisório; o marechal Floriano Peixoto como vice-presidente; como ministros, Benjamin Constant Botelho de Magalhães, Quintino Bocaiuva, Rui Barbosa, Campos Sales, Aristides Lobo, Demétrio Ribeiro e o almirante Eduardo Wandenkolk, todos membros regulares da maçonaria brasileira.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Proclama%C3%A7%C3%A3o_da_Rep%C3%BAblica_do_Brasil

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

HISTÓRIA DO DIA DE FINADOS





O Dia de Finados é o dia da celebração da vida eterna das pessoas queridas que já faleceram. É o Dia do Amor, porque amar é sentir que o outro não morrerá nunca.

É celebrar essa vida eterna que não vai terminar nunca. Pois, a vida cristã é viver em comunhão íntima com Deus, agora e para sempre.

Desde o século 1º, os cristãos rezam pelos falecidos; costumavam visitar os túmulos dos mártires nas catacumbas para rezar pelos que morreram sem martírio. No século 4º, já encontramos a Memória dos Mortos na celebração da missa. Desde o século 5º, a Igreja dedica um dia por ano para rezar por todos os mortos, pelos quais ninguém rezava e dos quais ninguém se lembrava.

Desde o século XI, os Papas Silvestre II (1009), João XVIII (1009) e Leão IX (1015) obrigam a comunidade a dedicar um dia por ano aos mortos.
Desde o século XIII, esse dia anual por todos os mortos é comemorado no dia 2 de novembro, porque no dia 1º de novembro é a festa de "Todos os Santos".
O Dia de Todos os Santos celebra todos os que morreram em estado de graça e não foram canonizados. O Dia de Todos os Mortos celebra todos os que morreram e não são lembrados na oração.

Mons. Arnaldo Beltrami – vigário episcopal de comunicação

Fonte: http://www.arquidiocese-sp.org.br e http://www.velhosamigos.com.br/datasespeciais/diafinados.html

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Dia de todos os Santos




A festa do dia de Todos os Santos é celebrada em honra de todos os santos e mártires, conhecidos ou não. A Igreja Católica celebra a Festum omnium sanctorum a 1 de novembro seguido do dia dos fiéis defuntos a 2 de novembro. A Igreja Ortodoxa celebra esta festividade no primeiro domingo depois do Pentecostes, fechando a época litúrgica da Páscoa. Na Igreja Luterana o dia é celebrado principalmente para lembrar que todas as pessoas batizadas são santas e também aquelas pessoas que faleceram no ano que passou. Em Portugal, neste dia, as crianças costumam andar de porta em porta a pedir bolinhos, frutos secos e romãs.

fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_de_Todos-os-Santos




domingo, 28 de outubro de 2012

Doenças relacionadas à voz.


Este capítulo é dirigido aos profissionais da voz, entre eles os meus ex-colegas Professores da UFRRJ. É um resumo do trabalho "A Voz do Professor: relações entre trabalho, saúde e qualidade de vida" (de Regina Z. Penteado, Isabel M.Teixeira e Bicudo Pereira - Rev. Bras.de Saúde Ocupacional, 1995/96, vol.25, p.109-129) e também um apanhado de artigos encontrados na Internet.


Além dos Professores, outros profissionais da voz são:

Médicos e Agentes de Saúde, Assistentes Sociais, Extensionistas, Pastores (da alma), Cantores, Atores, Políticos, Leiloeiros, Locutores, Peão ponteiro de "comitiva" e todos aqueles que fazem o uso profissional da voz.

A voz é o instrumento de trabalho de aproximadamente 25% da população economicamente ativa, que dela depende todos os dias para alcançar o sucesso em suas ocupações. Por outro lado, o Brasil é o segundo país do mundo em incidência de câncer da laringe. Esta doença é evitável, pois está associada ao vício de fumar em aproximadamente 95% dos casos. É um câncer de fácil diagnóstico e altamente curável na fase inicial, quando se expressa apenas por uma rouquidão. Mas lembre-se:

Rouquidão persistente (que dura mais de dez dias), deixa de ser uma simples infecção, precisa de tratamento médico e é considerada um dos 7 sinais de alerta de Câncer, segundo a União Internacional contra o Câncer - UICC

As relações entre trabalho e saúde foram abordadas mais claramente a partir da Encíclica Pacem in Terris, em 1963, pelo Papa João XXIII, que pregava o direito às condições adequadas de trabalho que não fossem lesivas para a saúde.

No Brasil, a 2a. Conferência Nacional de Saúde do Trabalhador, realizada em Brasília em 1994, ao criar comissões de saúde do trabalhador, determinou que estas deveriam "não só evitar acidentes, mas também garantir a saúde do trabalhador".



A VOZ E A SAÚDE

A voz é o som básico produzido pela laringe, por meio da vibração das cordas (tecnicamente chamada de pregas) vocais. A voz expressa as condições individuais (físicas ou emocionais) e, se o indivíduo não estiver em condições saudáveis, a voz deixará transparecer algum problema, ocasionando qualidade vocal disfônica, que pode vir a comprometer a fala e a comunicação.

Estudo realizado em 1989 por M. Calas mostrou que 96% dos Professores entrevistados sofriam de fadiga vocal, 86% tinham lesões (frequentemente nódulos) e 85% usavam técnica vocal falha.

Sala com muitos alunos exige do professor esforço extra da laringe, podendo causar disfonias.

Dados de 1995 relativos a licenças de saúde para professores, mostram que as doenças do aparelho respiratório se destacam como a maior causa de afastamento: "entre as doenças do aparelho respiratório estão as referentes à laringe e faringe, órgãos estes responsáveis também pela fala, principal instrumento de trabalho do professor".

Thomé de Souza, em 1997, estudando Professores da Secretaria Municipal de Ensino de São Paulo, constatou que a maior parte não sabia avaliar se suas vozes necessitavam de cuidados, embora 75% apresentassem "irritação na garganta", 62% relatassem rouquidão e cansaço ao falar, 47% pigarro e 37% já tivessem "perdido a voz".

A voz do Professor é vulnerável ao tempo e ao uso inadequado, sem cuidados especiais, devendo ser tratada como voz profissional. As condições de sua rotina de vida e trabalho, apresentam situações estressantes e fatores de risco para a sua saúde vocal e geral.


DISTÚRBIOS VOCAIS E DISFONIAS

As DISFONIAS (distúrbios da voz) são apontadas pelos especialistas como um dos principais problemas diagnosticados em Professores. São causadas por alterações na produção da voz (um dos seus principais instrumentos de trabalho), responsáveis pelo afastamento e/ou aposentadoria precoce de 2% dos 25.000 professores brasileiros. Existem relações entre a saúde vocal, os distúrbios da voz e as condições de trabalho.


UMA DISFONIA REPRESENTA QUALQUER DIFICULDADE NA EMISSÃO VOCAL QUE IMPEÇA A PRODUÇÃO NATURAL DA VOZ.

________________________________________

Essa dificuldade pode se manifestar por meio de uma série de alterações:

1. pigarros

2. ardência na garganta

3. esforço à emissão da voz

4. dificuldade em manter a voz

5. cansaço ao falar

6. variações na frequência habitual

7. rouquidão

8. falta de volume e projeção

9. perda da eficiência vocal

10. pouca resistência ao falar

11. tensão na musculatura cervical

A disfonia é, na verdade, apenas um sintoma presente em vários e diferentes distúrbios, ora se manifestando como sintoma secundário, ora como principal. Além de expressarem as condições físicas dos professores, os problemas vocais também estão relacionados a aspectos emocionais, como o ambiente de trabalho e a organização do trabalho, que são temas da Ergonomia.

O indivíduo que padece de um distúrbio vocal sofre limitações de ordens física, emocional e profissional. A figura abaixo mostra a anatomia da garganta e a localização da laringe.



A SÍNDROME DE BURNOUT

A ocorrência do estresse ocupacional tem sido observado em todas as partes do mundo, como fator causal de mortalidade, morbidade e ruptura na saúde mental e bem-estar dos trabalhadores. O impacto dos fatores estressantes sobre profissões que requerem grau elevado de contato com o público, recebe o nome de Síndrome de Burnout. De origem inglesa, este termo significa: queimar, ferir, estar excitado, ansioso.

Essa doença é uma resposta emocional em consequência de relações intensas no ambiente de trabalho do Professor. Trata-se de uma resposta ao estresse emocional crônico, sentimentos relativos ao desempenho da profissão, representado por:

1. exaustão física e emocional (contrastes entre tensão e tédio)

2. a falta de reconhecimento, peso da crítica social e baixo salário

3. baixa auto-estima e ausência de resultados percebidos no trabalho

4. diminuição da realização pessoal no trabalho (competência, sucesso, depressão)

5. despersonalização (distanciamento, separação, coisificação, insensibilidade, cinismo)

6. envolvimento (pessoas, proximidade, atenção diferenciada)


BURNOUT É A REAÇÃO FINAL DO INDIVÍDUO EM FACE DAS EXPERIÊNCIAS ESTRESSANTES QUE SE ACUMULAM AO LONGO DO TEMPO.

________________________________________

Assim, podemos reunir os principais sintomas da Síndrome de Burnout em 4 grupos principais:

a) Psicossomáticos: fadiga crônica, dor de cabeça, distúrbios do sono, úlceras e problemas gástricos, dores musculares, perda de peso;

b)Comportamentais: falta ao trabalho, vícios (fumo, álcool, drogas, café);

c)Emocionais: irritabilidade, falta de concentração, distanciamento afetivo; e

d)Relativos ao trabalho: menor capacidade, ações hostis, conflitos, etc.

As situações de estresse contribuem para as condições de mau-uso e abuso da voz, que geram esforços e adaptações do aparelho fonador, deixando o profissional mais propenso ao desenvolvimento de uma disfonia.

TIPOS DE LESÕES

Os principais tipos de lesões orgânicas resultantes das disfonias funcionais são:

laringite, pólipo, cistos, leocoplasia e câncer de laringe. Abaixo, falaremos sobre algumas delas.

As alterações da mucosa da prega vocal (nódulos, pólipos e edemas das pregas vocais) têm como característica comum, o fato de representarem uma resposta inflamatória da túnica mucosa a agentes agressivos, quer sejam de natureza externa, quer sejam decorrentes do próprio comportamento vocal.

Nódulos



Os nódulos resultam de: fatores anatômicos predisponentes (fendas triangulares), personalidade (ansiedade, agressividade, perfeccionismo) e do comportamento vocal inadequado (uso excessivo e abusivo da voz). O tratamento dos nódulos é fonoterápico. A indicação cirúrgica, todavia, pode ser feita quando os mesmos apresentam característica esbranquiçada, dura e fibrosada, ou ainda quando existe dúvida diagnóstica.

Pólipos



Os pólipos são inflamações decorrentes de traumas em camadas mais profundas da lâmina própria da laringe, de aparência vascularizada. O tratamento é cirúrgico. A voz típica é rouca. As causas podem ser: abuso da voz ou agentes irritantes, alergias, infecções agudas, etc.



Edemas das pregas (cordas) vocais

Os edemas relacionam-se com o uso da voz. Normalmente são localizados e agudos. O tratamento é medicamentoso ou através de repouso vocal. Os edemas generalizados e bilaterais representam a laringite crônica, denominada Edema de Reinke. É encontrada em pessoas expostas a fatores irritantes externos, especialmente o tabagismo (fumo) e o elitismo, sendo o mais importante fator associado ao uso excessivo e abusivo da voz.

Quando discretos, os edemas podem ser tratados com medicamentos e fonoterapia, assegurando-se a eliminação de seu fator causal; quando volumosos, necessitam de remoção cirúrgica, seguida de reabilitação fonoaudiológica.

Infecções

Os fatores infecciosos, incluindo as sinusites, diminuem a ressonância e alteram a função respirstória, produzindo modificações na voz.

O efeito primário das infecções das vias aéreas superiores têm efeito direto sobre a faringe e a laringe, podendo provocar irritação e edema das pregas vocais. Estes processos infecciosos podem gerar atividades danosas, como o pigarro e a tosse que, por sua vez, podem causar traumatismos nas pregas vocais.

Há também fatores imunológicos, endócrinos, auditivos e emocionais, que podem causar transtornos na emissão da voz.



LARINGITE CRÔNICA

O agravamento das irritações crônicas da laringe é denominada laringite crônica. Os sintomas são: rouquidão e tosse, com sensação de corpo estranho na garganta, aumento de secreção, pigarro e, ocasionalmente, dor de garganta.

O tratamento envolve a eliminação dos fatores que provocam a irritação da laringe (exposição a produtos químicos e tóxicos, nível elevado de ruídos, maus hábitos alimentares, refluxo alimentar devido a gorduras, pigarro crônico, etc.), além da promoção de hábitos que melhoram a higiene vocal, evitando os abusos da voz.


O QUE É BOM PARA A SUA SAÚDE VOCAL

1. Beber 7 a 8 copos de água por dia

2. Procurar atendimento especializado se usar a voz na profissão

3. Pastilhas, sprays ou medicamentos, só indicados por Médicos

4. Evitar automedicação e soluções caseiras (gengibre, romã, etc.)

5. Repouso da voz, após cada "apresentação" pública

6. Usar roupas leves e evitar refrigerantes, gorduras e condimentos

7. Realizar exercícios regulares de relaxamento, avaliações auditivas e fonoaudiológicas periódicas

8. Manter a melhor postura da cabeça e do corpo durante a aula, a fala ou o canto.

O QUE É MAU PARA A SUA SAÚDE VOCAL

1. Fumo, álcool, drogas e poluição

2. Tossir, gritar muito ou pigarrear

3. Cantar ou gritar quando gripado

4. Falar em locais barulhentos (Olha o professor aí, gente...)

5. Mudanças bruscas de temperatura

6. Ambientes com muita poeira, mofo, cheiros fortes, especialmente se você for alérgico.


QUEM CUIDA DAS SUAS PREGAS (CORDAS) VOCAIS ?

Rouquidão provocada por gripe ou resfriado pode ser tratada por um Médico clínico geral ou Pediatra. No entanto, se ela durar mais de 2 semanas ou se não tiver uma causa evidente, deverá ser avaliada por um especialista em voz: o Médico otorrinolaringologista (especialista em nariz, ouvidos e garganta).

Problemas com a voz são melhor conduzidos por um grupo de profissionais que inclua o Médico otorrinolaringologista e um fonoaudiólogo.

http://www.ufrrj.br/institutos/it/de/acidentes/voz2.htm

acesso em 23/05/2007